terça-feira, 30 de dezembro de 2014

WhatsApp, Facebook como se desconectar de Deus e se conectar no inferno!!!

É a resposta da maioria, quase uma unanimidade, "eu sei como usar o WhatsApp e o Facebook",  mas a realidade vem demonstrando justamente o contrario, esses meios de comunicações que tem como objetivo  aproximar as pessoas, traz consigo um  efeito colateral mortal, "o afastamento entre as pessoas e Deus".
No começo todos veem como um meio de matar a saudade, trocar algumas palavras ou simplesmente um meio de entretenimento, mas aos poucos a rede vai aumentando,  o numero de contato ja não é mais o mesmo, cada vez mais é exigido um tempo maior para a comunicação com os contatos.
Pergunta feita por mim para uma parente, O WhatsApp te atrapalha? quase não havia nem terminado a pergunta e a resposta veio como um tijolo na minha cara, o WhatsApp não me atrapalha!, bastou só mais outra pergunta para o próximo tijolo cair no pé dela, Você dedica a Bíblia o mesmo tempo que você dedica ao WhatsApp? agora a resposta vem num tom mais baixo, e o rosto fica com um tom avermelhado, ou seria melhor dizer envergonhado: Não! eu não dedico o mesmo tempo a bíblia,  que eu dedico ao  WhatsApp.
Dias desse um irmão me mandou um vídeo, no qual era feito a decapitação de um homem, as roupas e o cenário sugeriam um pais árabe, confesso que fiquei abalado, com a selvageria com a qual aquele homem foi executado, mas além desse abalo, houve um outro abalo, a que ponto chegamos!
fazer disso um espetáculo,  não era um espetáculo, era uma vida sendo violentamente ceifada, e mesmo assim sendo apresentada a todos como um entretenimento, como algo sem nenhum valor, confesso que tive nojo, vergonha e questionei minha própria ética e moral.
Vejo pessoas trocando vídeos, musicas e fotos, sem antes ter o devido cuidado de examinar se tal material é ou não é, agradável aos olhos de Deus,  e esse erro não tem sido cometido somente pelos que estão em trevas, mas também pelo que dizem serrem  da luz: Lucas 11:35  Vê, pois, que a luz que em ti há não sejam trevas. 
Se é que existe algum beneficio nesses meios de comunicações, são mínimos, e com certeza podem ser substituídos por algo menos prejudicial,  pois a prioridade sempre deve ser a nossa comunicação com Deus.

Nos laços do Calvário Que Nos Une!!!
S.Silva

Nenhum comentário: