segunda-feira, 30 de setembro de 2013

O Assassinato do Hinário




“Lamentamos informar, que no ano de 2013, nosso querido hinário, foi brutalmente assassinado, sem nenhum direito a defesa, tal covarde atrocidade foi cometida, numa emboscada  justamente por quem tinha a maior obrigação de zelar pelo mesmo”
“O mesmo deixa órfão, milhões de fieis que o conheciam com intimidade”
Seria “cômico” se não fosse “trágico”, misericórdia, o que fizeram com nosso hinário, fala serio, é para isso que a nossa liderança se reúne? Eu olho hoje Para esse novo hinário e sinto vontade de chorar.
Cansei de falar com algumas pessoas de outras religiões e dizer que sou um membro da Congregação Crista no Brasil, muitas vezes ouvia a seguinte frase, “vocês são muito radicais, tem muito usos e costumes, ou, uma doutrina muito pesada”  mas, em muitas vezes ouvia como complemento a seguinte frase: mas  acho bonitos os hinos de vocês.
Pois é, agora eu acho que nem isso de positivo,  vamos ouvir mais, pois nossos hinos foram esquartejados, dilacerados, hoje estão mutilados, pergunto para você que esta lendo essa matéria, cadê a alegria de nossos hinos, acabou!!!,   Acho que quando se reuniram para fazerem a mudança no hinário, deviam estar em algum funeral e foram influenciados pelo mesmo, pois os nossos hinos estão todos parecendo hinos de velório.
Não sei se eu estou delirando, mas me lembro muito bem o que era dito nos púlpitos na minha região, diziam que a mudança que iriam fazer era para fins de atualização, pois segundos era dito, algumas pessoas novas entravam em nossos cultos e não entendiam bem o que era cantado, isso já não me cheirava muito bem, o hino nacional ou o hino do Corinthians ou qualquer outro foram feitos há muito tempo atrás, e ate hoje todo mundo canta, meu pai cantou o hino nacional, eu cantei, minhas filhas cantaram e logo meus netos vão cantar, resumindo: todo mundo canta,  ai vieram as justificativas “ que não me convenceram”, palavras como gozo, Canaã Celestial, do Egito o salvador e etc.. eram difíceis de serem assimiladas e algumas como a gozo “davam margem para duplo sentido”,  o que me chama atenção, é que todas essas palavras cortadas de nossos hinários encontram-se na Bíblia, e ai....  quando o pregador for  Ler a Bíblia, e estiver  La a palavra gozo, Egito, Canaã, como ele faz, tem que pular?
E porque tiraram tantas estrofes lindas que tínhamos em nosso hinário, seria somente para enxertarem  esses novos hinos, que se diga de passagem, com raras exceções,  a maioria são todos horríveis, porque a mudanças nos coros, ao invés de serem cantados após todas as estrofes, muitos passaram a serem cantados somente após a ultima estrofe, porque nossos hinos agora parecem estrada sem curva “ficaram sonolentos”, tiraram aquelas passagens que tantos gostávamos de ouvir os músicos tocarem, os hinos ficaram todos retos.
Diziam que era só mudança para atualização do hinário, mas mexeram foi  em praticamente tudo, e com um péssimo gosto,  não é na parte musical que essa liderança tem que se preocupar, devem se preocupar é com o que se é dito no púlpito, e se querem saber de uma grande, imensa e inquestionável verdade, os maiores erros de Português  não estão no hinário, mas sim nos pregadores em cima do púlpito, ai sim, tem um monte de erro de português,  já tive esse dissabor, de levar alguém para nos visitar e essa pessoa questionar comigo isso, a respeito do pregador,  e olha que tais pregadores ainda se auto justificam dizendo “ eu não sei nem falar mas Jizuis me usa assim mesmo” , isso senhores Anciões os visitantes observam e muito no nosso meio, estamos em 2013, você pode estudar ate por internet, isso  fora os centros de alfabetização que são espalhados por todo canto.
Não sou contra mudanças, desde que as  mesmas  venham para melhorar e não para piorar, e infelizmente esse foi o caso da mudança no nosso hinário, conseguiram estragar o que estava ótimo.
Como Dizia o Famoso Jornalista Boris Casoy
Isso é uma vergonha!!!

Nos Laços do Calvário Que Nos Une!!!

S.Silva

Nenhum comentário: