sexta-feira, 30 de novembro de 2012

CASAMENTO SEGUNDO A BÍBLIA



“Portanto deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á à sua mulher, e serão uma só carne.Gênesis 2:24”


Muito tem se falado sobre o casamento, me propus perscrutar sobre o assunto devido ao fato de que, para a maioria das Igrejas somente as pessoas casadas no cartório, são de fato consideradas casadas,

E baseadas nessa ideologia, não batizam pessoas que não estão casadas no civil, alegando que as mesmas não estão em conformidade com a lei dos homens e nem com os mandamentos de Deus

Existem vários tipos de interpretações a esse respeito, pessoas diferem em relação a isso, e gostaría de repassar as seguintes alegações 


Lei dos homens:

“Sujeitai-vos a toda autoridade humana, por causa do Senhor, quer ao rei, com soberano, quer aos governadores, como por ele enviados para castigo dos malfeitores, e para louvor dos que fazem o bem. (1Pe 2:13)”

Mas... até que ponto devermos ser sujeitos a autoridade humana? Existem países aonde a igreja é perseguida, e se ela se sujeitar a essas autoridades humanas, ela negara a Cristo e deixara de ser Igreja.

Um exemplo atual aqui no Brasil é o reconhecimento da união de pessoas do mesmo sexo, a igreja tem se posicionado contraria a essa decisão.

O Próprio Apostolo Pedro, que nos exortou a nos sujeitarmos também trata desse assunto:  E, trazendo-os, os apresentaram ao conselho. E o sumo sacerdote os interrogou,Dizendo: Não vos admoestamos nós expressamente que não ensinásseis nesse nome? E eis que enchestes Jerusalém dessa vossa doutrina, e quereis lançar sobre nós o sangue desse homem. E, trazendo-os, os apresentaram ao conselho. E o sumo sacerdote os interrogou, Dizendo: Não vos admoestamos nós expressamente que não ensinásseis nesse nome? E eis que enchestes Jerusalém dessa vossa doutrina, e quereis lançar sobre nós o sangue desse homem.Porém, respondendo Pedro e os apóstolos, disseram: Mais importa obedecer a Deus do que aos homens.Atos 5:27-29”,Ou seja a lei humana deve ser obedecida, ate que, a  mesma não se contraponha a palavra de Deus.


Lei de Deus

Vemos aqui uma grande incógnita, pois é comum, muitos erroneamente, acharem que o casamentos realizado nos templos bíblicos, era da mesma forma como o que se é feito hoje.

Vale lembrar que Deus não usou a principio a palavra Casamento para Adão e Eva, mas sim a palavra unir-se-á “Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e unir-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne.” Genesis 2:24, Deus disse unir-se-á, ou seja, mesmo não havendo um documento, eles seriam um casal, aliais nunca foi ordenando a confecção de um documento, por outro lado Deus autorizou a confecção de outro documento a Carta de repúdio, “Quando um homem tomar uma mulher e se casar com ela, então será que, se não achar graça em seus olhos, por nela encontrar coisa indecente, far-lhe-á uma carta de repúdio, e lha dará na sua mão, e a despedirá da sua casa. Deuteronômio 24:1”

Bem, por incrível que possa parecer, Deus ordena que se faça um documento aonde conste que a mulher foi repudiada, mas não ordena que se faça um documento aonde a mulher esta casada.

Fato que todos devem considerar é que, no começo do mundo não existia cartório, mas isso não impedia que homens e mulheres de se unir, mas como será que Jesus  considerava essa união? “E, como aconteceu nos dias de Noé, assim será também nos dias do Filho do homem.Comiam, bebiam, casavam, e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio, e os consumiu a todos.Lucas 17:26-27” Jesus chamou aquela união de “Casamento”, você deve estar arrazoando, mas deveria haver um sistema humano que regulamentasse a essa união.

Porem Creio que você esta errado “E Isaque saíra a orar no campo, à tarde; e levantou os seus olhos, e olhou, e eis que os camelos vinham. Rebeca também levantou seus olhos, e viu a Isaque, e desceu do camelo.E disse ao servo: Quem é aquele homem que vem pelo campo ao nosso encontro? E o servo disse: Este é meu senhor. Então tomou ela o véu e cobriu-se.E o servo contou a Isaque todas as coisas que fizera.E Isaque trouxe-a para a tenda de sua mãe Sara, e tomou a Rebeca, e foi-lhe por mulher, e amou-a. Assim Isaque foi consolado depois da morte de sua mãe.” Genesis 24:63-67.

Pelo que entendemos no texto acima, não nos parece, que deu tempo para haver documento, festa ou outras solenidades, Isaque imediatamente se prontificou a tomar logo posse da benção,Mas esse não nos é o único exemplo .

“E disse Jacó a Labão: Dá-me minha mulher, porque meus dias são cumpridos, para que eu me case com ela.Então reuniu Labão a todos os homens daquele lugar, e fez um banquete.E aconteceu, à tarde, que tomou Lia, sua filha, e trouxe-a a Jacó que a possuiu.E Labão deu sua serva Zilpa a Lia, sua filha, por serva.

E aconteceu que pela manhã, viu que era Lia; pelo que disse a Labão: Por que me fizeste isso? Não te tenho servido por Raquel? Por que então me enganaste?Gênesis 29:21-2

Como foi oficializado esse casamento? Foi oficializado por intermédio de um banquete na presença dos homens locais, aqui não esta em questão o fato de Labão ter enganado Jacó, mas sim a forma como se eram reconhecidos os casamentos.

E não paramos por aqui “Quando saíres à peleja contra os teus inimigos, e o SENHOR teu Deus os entregar nas tuas mãos, e tu deles levares prisioneiros,E tu entre os presos vires uma mulher formosa à vista, e a cobiçares, e a tomares por mulher,Então a trarás para a tua casa; e ela rapará a cabeça e cortará as suas unhas.E despirá o vestido do seu cativeiro, e se assentará na tua casa, e chorará a seu pai e a sua mãe um mês inteiro; e depois chegarás a ela, e tu serás seu marido e ela tua mulher.Deuteronômio 21:10-13

Veja bem a ordem das palavras, primeiro “chegaras a ela” e depois tu serás seu marido....ou seja na união carnal dos dois eles seriam marido e mulher.Tem mais  ” Quando irmãos morarem juntos, e um deles morrer, e não tiver filho, então a mulher do falecido não se casará com homem estranho, de fora; seu cunhado entrará a ela, e a tomara por mulher, e fará a obrigação de cunhado para com ela.Deuteronômio 25:5, Novamente repare na ordem das palavras, primeiro “entrará a ela’ e depois a tomara por mulher, nisso seriam marido e mulher.

O que percebo é que a união de pessoas heterossexuais, era um processo normal e sem necessidade de tantas intermediações, no decorrer da historia surgiram as formalizações para o reconhecimento da sociedade, mais uma coisa é o reconhecimento da sociedade outra coisa é o reconhecimento de Deus.

Exemplo: Se você tem um filho e ainda não o registrou, o documento ainda não existe, mas não é porque o documento ainda não existe, que o menino deixa de ser seu filho.  

Medite comigo, um casal vive juntos há 20 anos, a esposa já idosa, aceita Jesus, e por seguinte deseja ser batizada para cumprir também essa ordenança, porem eles não são casados, digamos que o esposo não quer se casar, a igreja não permite que ela se batize, porque “segundo” a igreja, ela  não esta em acordo com a lei humana, que só reconhece marido e mulher os casados no cartório.

Mas, você já viu a Igreja, exigir a declaração de Imposto de Renda para batizar alguém,  para ver se o candidato esta em dia com o Imposto de Renda?

Ou já viu, a igreja para batizar exigir atestado de antecedência, para ver se o cidadão não é um criminoso procurado pela justiça?

Se o candidato a batismo é um sonegador de Imposto de Renda ou Um criminoso, não esta o mesmo em falha com a justiça dos homens? Levando o critério usado na pessoa não casada no cartório, então o sonegador e o criminoso, também não poderiam ser batizado, “Obs.: O meu critério é outro”

O casamento não é somente um ato de reconhecimento publico, mas acima de tudo isso, é uma ordenança divina, não podemos deixar que formalizações de governos humanos, interfiram nas ordenanças Divinas.

O único requisito para que uma pessoa possa ser batizada é o arrependimento, e isso ninguém melhor que Deus para julgar,


Nos Laços do Calvário Que Nos Une!!!

S. Silva

Um comentário:

Rana disse...

Concordo plenamente; o evangelho nos diz: Quem crer e se arrepender dos pecados será salvo, quem não fizer isso será condenado, não diz que tem que ser casado, conheço tantos que não são casados no cartório e que amam e honram suas esposas, inclusive conheço outros tantos que são casados, batizados, crismados e sei lá o que que são os maiores infiéis, fornicários, adúlteros e no entanto estão até ministrando em igrejas, batizando e são líderes evangélicos, católicos, etc,
Fiquem espetos que DEUS está vendo tudo, ele nos julgará.
Amem.