segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Namoro de Criança




Dicionário Aurélio: V.T. Procurar inspirar amor A: Requestar, Cortejar, Fazer A Corte; Arrastar a Asa para / cobiçar, desejar vivamente possuir / andar em requestos ou galanteios
 

No Mundo Em Que Vivemos A Palavra Amar, Esta Cada Vez Mais Associada A Palavra Sexo, Tanto Que, Mesmo Quando Alguém Que Não Ama Alguém, Tenta Fazer Somente Sexo Com Esse Alguem,  Costumeiramente Ele/Ela, Diz, Vamos Fazer Amor.

Na Década De 60 (No Brasil, A Partir De 70/80), Começou Uma Revolução Sexual Na Europa, Enfatizando Que Homens E Mulheres Podiam Desfrutar De Direitos Iguais, Inclusive No "Sexo Livre". O Que Importava Era A Satisfação Pessoal; A Sensação Do Momento, Sem A Necessidade De Qualquer Ligação De Sentimentos Entre Os Parceiros. A Queda, De Lá Para Cá, Foi Vertiginosa E, Assim, O Namoro Foi Sendo Deixado De Lado E Houve Grande Adesão Ao Ficar. Os Jovens São Pressionados A Abandonar Hábitos Conservadores E A Adotar As Práticas Pecaminosas Ditadas Pela Cultura Social.

Vale A Pena Salientar Que A Bíblia Não Legisla Nada, “Diretamente”, Em Relação Ao Namoro, E Isso Claro, Porque, Nos Templos Bíblicos Tal Ideologia Não Exitia, A Cultura E A Sociedade Eram Outra.

Hoje Esse “Namoro” Que Conhecemos, Esta Mais Associado À Diversão E Ao Entretenimento, É Algo Totalmente Descartável, E Embora Muitos Que Se Dizem Apaixonados(As),  Não Queiram  Admitir, Na Realidade Estão Só Ficando (Como Diz O Mundão)
 
Mas, Qual Seria A Atitude Da Igreja Em Relação Ao Namoro?

Percebemos Que Muitos Lideres Religiosos, Com Receio De Perder Ovelhas  Do Seu Rebanho Estão Afrouxando As Cordas Para O Namoro, Permitindo Até Mesmo Namoro De Crianças E A Trocas Constante De Namorados.

Não Foi Sempre Assim, As Igrejas Antigamente Zelavam Mais Por Nossas Crianças, Porem Aos Poucos Deixaram As Praticas Do Mundo Adentrar A Igreja, E O Resultado Como Conseqüência Tem Sido O Precoce Amadurecimento De Nossas Crianças.

Vemos Assim Como No Meio Secular, As Crianças Nas Igrejas Cada Vez Com Seus Corpos Mais Exposto, Num Amadurecimento Prematuro, Isso Pode Ser Visto Pelas Roupas E Pelas Maquiagens, Hoje Muitas De Nossas Crianças Se Vestem E Se Maquiam Como Adultos, Falam Como Adultos, Divergem Como Adultos, Exigem Como Adultos E Infelizmente Erram Como Os Adultos.

 Não Se Engane, Muito Tem Se Pregado contra  A Televisão e sua influencia em nossos filhos, Mas Não É Só A Televisão Que Tem Mudado As Nossas Crianças, Os Namoros Também Tem, pois infelizmente é o mundo, que em muitos casos, esta ditando as regras.

Muito Se Discute Em Relação À Idade Correta De Nossas Crianças Começarem A Namorar, E Esse É Um Tema Delicado, Pois O Amadurecimento De Cada Um, É Uma Questão Individual, Ou Seja, Não É Um Padrão.

Hoje Os Gurpos Na Igreja, Estão Divididos Na Sua Maioria Em:
- Crianças
- Pré Adolescentes
- Adolescentes
- Mocidade

Porem A Bíblia Da Ênfase A Crianças E Mocidades (Ou Seja, O Que Ainda Não É Mocidade, É Criança, E O Que Não É Mais Criança Já É Mocidade).

Agora Se Alguém Quer Ter Os Direitos De Mocidades, Deve Também Ter As Obrigações De Mocidades, Resumindo: Não Dá  Para Concedermos A Alguem O Direito De Mocidade Se Esse Alguém Só Quer Ter As Obrigações De Uma Criança, E Olhe Lá...

Porem O Bom Senso, É  Que Ele/Ela  Esteja “Devidamente” Preparado(a), Seguro(a) E Instruído(a)  Para Iniciar Tal Compromisso, Porem Ai Esta A Chave De Todo O Problema, Para Muitos, O Namoro De Hoje Em Dia, Não É Um Compromisso, Ou Seja, Namore Dez Esse Ano, Se Não Der Certo Namoro Mais Dez O Ano Que Vem.

Pretende Muitos Com Isso, Passar A Tola Idéia, De Que O Namoro É Algo Inofensivo, Mas Isso Não É Uma Verdade, O Namoro É Algo Muito Perigoso, E Quando Não Direcionado Por Deus, As Conseqüências Podem Ser Catastróficas.

Devemos Admitir, Que Quem Namora, Namora Porque Achou Seu Namorado Ou Sua Namorada Bonito(A) E Também Sentiu “Atração Física”, E Daí Podemos Lembrar Do Perigo Dos Hormônios, Libido, Desejos E Etc.... 

E Vemos Crianças Que Nada Sabem Da Vida, Cada Vez Mais Inflamadas Em Desejos Umas Pelas Outras, Mas Quando A Isso A Palavra De Deus Legista Sim: 2 Timóteo 2:22 “Foge Também Das Paixões Da Mocidade, E Segue A Justiça, A Fé, O Amor, A Paz Com Os Que, De Coração Puro, Invocam O Senhor.”

Eclesiastes 3:1 Diz: Tudo Tem O Seu Tempo Determinado E Há Tempo Para Todo O Propósito Debaixo Dos Céu, E Com Certeza O Tempo Do Namoro Não É Tão Prematuro Como Muitos Tem Permitido.

Você Deixaria Seu(Sua) Filho(A) Andar Num Onibus Que Esta Ruim De Freio?

Talvez Você Diga: O Motorista Não Vai Precisar Frear, Talvez Você Esteja Certo, Talvez, Ele Não Precise, Mas Você Já Pensou Se Você Estiver Errado?, Já Pensou Nas Conseqüências?

O Que Os Incautos, Que Argumentam Que O Namoro É Inofensivo, E Que  Não Precisa Haver Nele Compromisso Esquecem, É Que, Mesmo Não Tendo Compromisso O Namoro Pode Conduzir A Intimidade E A Intimidade Ao Pecado  
Quantas Vidas Já Foram Destroçadas Pela Tal “Prova De Amor” Que Alguns Exigem Obter De Seus Parceiros

Sem Contar Que Na Maioria Das Vezes, Nossas Crianças Não Sabem Harmonizar Seu Namoro Precoce Com Suas Responsabilidades Domésticas, Trabalhos, Estudo E Até Mesmo Com A Igreja, Tendem A Dar Todo O Foco De Sua Atenção Um Ao Outro, Esquecendo Dos Demais Compromissos, Não São Maduros Suficientes Para Administrar Suas Próprias Responsabilidades.

São Freqüentes Os Casos De Famílias Que Entram De Corpo E Alma, Apoiando O Namoro De Crianças E Depois Com Termino Do Mesmo, Essas Família Se Dividem Criando Uma Situação Constrangedora E De Tremenda Divisão.

E A Fama Que Fica, Com A Menina Que Namoro Quase Todos Os Meninos Da Igreja, A Famosa Vassourinha, É Horrível, Sem Contar Que Em Muitos Casos, Acaba Acontecendo Intimidades, Que Não Deveriam Acontecer, E Que Se Espalha No Meio Da Igreja, Deixando A Menina E Seus Pais Expostos Ao Ridículo, “Desonrados”..

Ai Nessa Ora, Muitos Dos Que Apoiaram, São Os Primeiros, A Gritar De Cima Do Púlpito, Fulana Ou  Fulano De Tal, Esta Disciplinado(A), E Eu Te Pergunto, Com Quem Fica O Prejuízo?

Quero Que Você Preste Bem Atenção No Que Vou Escrever Agora, Antigamente Todo Pecado Sexual, Em Muitas Igrejas Eram Tido Como Pecado De Morte, Ou Seja, Sem Perdão.
 Hoje Não Pensamos Assim, Sabemos Que O Perdão É Também Possível Nesses Casos, Porem O Que Muitos Não Entendem É Que Uma Criança Que Mantem Relações Sexuais Antes Do Casamento, Esta Perdendo Algo Muito Especial, Alem De Estar Perdendo A Sua Virgindade, Esta Perdendo Também A Sua Inocência, E Isso Uma Vez Tendo Sido Perdido, Jamais Poderá Ser Recuperado.

E Em Se Tratando Disso, Cabe Aos Pais Dificultarem Ao Maximo Tal Possibilidade, E Não Tratarem Suas Filhas E Filhos Como Uma Mercadoria Supérflua

Muitos Dizem, Deixe As Crianças Namorar, O Namoro É Uma Fase Pra Elas Se Conhecerem, E O Resultado Esta Ai Estampado, Casa Vez Elas Namoram Mais, Cada Vez Elas Se Conhecem Mais, E Cada Vez Elas Conhecem Menos De Bíblia.

Muitos Vão Dizer Que Eu Sou Quadrado, Mas Quem Dera Todos Os Pregadores, Professores E Pastores Fossem Quadrados, Ai Teríamos, Bem Menos Moças E Crianças Com As “Barrigas Redondas”.

Alguns Querem Deixar As Crianças Agirem Como Bem Entendem, Mas, Até Mesmo As Crianças Precisam Ser Disciplinadas; Provérbios 23: 13 Não Retires Da Criança A Disciplina; Porque, Fustigando-A Tu Com A Vara, Nem Por Isso Morrerá. Resumindo, Disciplina Não Mata Ninguém Não.

Não É A Criança Que Deve Escolher O Melhor Para Si, Devemos Considerar Os Gostos E As Vontades Delas, Mas Cabe Á Nos Priorizarmos E Darmos A Ultima Palavra; Precisamos Em Tudo Impor Limites As Nossas Crianças  Provérbios. 29:15 A Vara E A Repreensão Dão Sabedoria; Mas A Criança Entregue A Si Mesma Envergonha A Sua Mãe.

Vale Lembrar Que A Palavra Criança Aparece Cerca De 28 Vezes Na Bíblia, E Em Nenhuma Delas, Os Assuntos “Intimidade”,  E “Relacionamento” Éstão Associado, Mas,Muito Pelo Contrario, A Palavra Criança Sempre Esta Associada A Pureza Ou Ao Nosso Dever De Zelar Por Elas.

Namoro Sem Compromisso É Um Relacionamento Apenas Para A Alegria Da Carne, A Impureza E A Sensualidade Exacerbada São Comuns. I Tessalonicenses 4:7 Porque Deus Não Nos Chamou Para A Imundícia, Mas Para A Santificação.

A Finalidade, O Objetivo Do Namoro Não Se Resumi Somente Em Se “Conhecer”, Mas Também No Casamento; Mas O Casamento Não É O Fim Do Namoro. Na Verdade, O Namoro Deve Continuar Pelo Resto Da Vida A Dois. O Namoro Continua Sendo Muito Importante Dentro Do Casamento. Quando O Fim Do Namoro É O Casamento, Grandes São As Chances Desse Casamento Desmoronar.
 
Nos Laços Do Calvário Que Nos Une!!!
Pindoretama - Ceará
S.Silva
















Nenhum comentário: