sábado, 2 de julho de 2011

CLAMOR DAS CRIANÇAS DO CEARÁ



Rogo-vos pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos como um
sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis a
este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual
seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. Romanos 12:1-2

Nunca se falou tanto de Pedofilia quanto se tem falado nessa presente época, diariamente somos  bombardeados e atordoados por noticias vindas de todos os lados, e para muitos essa explosão de noticias, acaba se tornando uma coisa natural, ou seja, extremamente normal.

Chega-se ao absurdo de determinadas pessoas sugerirem que tais crianças na realidade gostam “dessa vida” que levam, ou seja, ao invés de vitimas são elas as vilãs.

Sou nascido e criado em São Paulo, e já tive a oportunidade de conhecer alguns estados, entre eles,
Paraná, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Santa Catarina e por ultimo agora o Ceará.

Vim para o Ceará de mudança com a minha família em maio desse ano (2.011) devido a um problema de saúde, porem no mês de março já tinha tido a oportunidade de vir ao Ceará, e algumas situações me chamaram a atenção.

Fiquei atônito, estarrecido e pasmo, ao presenciar no primeiro dia em que aqui cheguei uma cena, que mais me parecia um pesadelo,estávamos eu, minha esposa, minha filha e alguns familiares da minha esposa numa lanchonete, quando atentei para um Senhor que estava do meu lado, na calçada da lanchonete com seu carro encostado.

Percebi que ele estava sozinho, mas seus constantes olhares para seu relógio e para porta da lanchonete denunciavam que ele aguardava alguém, não tardou muito e logo vi o fruto de sua impaciência, uma menina que embora trajasse roupas de adulto, não conseguia disfarçar o corpo de criança.

Mal consegui desviar meus olhos de tal situação, já tinha visto isso na televisão, mas pessoalmente que eu me lembro era a primeira vez, para minha tristeza e indignação ele começou a acariciar os braços da menina ali mesmo, e ela com um tímido sorriso tentava “corresponder”, mas seus olhos estavam tristes, e a sua inocência estava sendo roubada, lembrei-me de Neil Gaiman  argumentista  de um famoso personagem em quadrinho Chamado Sandman. Neil em um dos Gibis de Sandman filosofa: uma vez perdida a inocência jamais poderá ser recuperada,

Após uns 2 dias fui fazer uma visita na cidade em que hoje resido, Pindoretama, aonde passei uns 2 dias, e depois voltei para fortaleza, porem quando estávamos no caminho para Fortaleza já a noite, vi algumas crianças na beira da estrada, próximas a um posto de gasolina,uma cena que também é comum em São Paulo, lembro-me que exclamei, nossa!!! Essas crianças numa hora dessa mendigando, porem alguém que comigo estava me corrigiu, não estão mendigando, elas estão ali para fazer programa.

Honestamente, não sei qual o real motivo que fez com que cada uma daquelas crianças estivessem ali,
poderiam estar ali obrigadas por outras pessoas (um pai ou uma mãe quem sabe), poderiam estar ali por um prato de comida, sei lá.

Agora a única coisa que sei, é que nós é que não podemos, conviver com essa situação, quando voltei para São Paulo, falei o que vi e ouvi, na empresa em que trabalhava, na época eu Trabalhava numa Corretora da BVM&F Bovespa, e coincidentemente lá também era uma agencia de Turismo, e quando
a pessoa responsável pela área de turismo na empresa me ouviu falando isso, ela me disse: eu sei muito bem do que isso se trata, o Ceará e rota do Turismo Sexual infantil (Pedofilia).

Uma outra Coisa me chamou atenção no Ceará, o numero de evangélicos que tem aqui, a igreja é muito grande, vejo evangélicos por todos os lugares, o povo evangélico aqui é tão grande que essa
semana fui a Fortaleza e mesmo nos comércios de pessoas que não são evangélicas se tocava hinos evangélicos para atrair o consumidor evangélico.

O leitor evangélico deve se lembrar do Grande Profeta Elias, bem, numa certa ocasião ele se viu numa situação em que ele pensou estar sozinho, e precisou de Deus intervir e lhe dizer que ele não estava sozinho, mas que haviam 7.000 que não haviam dobrado o joelho perante Baal.

Sobre esses 7.000 escreveu o Pastor David Botelho líder da Missão Horizontes na América Latina, em seu livro intitulado AONDE ESTÃO OS 7.000 QUE NÃO DOBRARAM OS SEUS JOELHOS A BAAL?
Sim havia 7.000, porem somente Elias enfrentou os profetas de Baal, e eu me pergunto e te pergunto, aonde estava os 7.000?  Aonde esta a Igreja???

   
 A Igreja não em sua totalidade,mas, em sua maioria, esta assentada em sua comodidade, em seu marasmo e em sua omissão.
E seguindo as perguntas (para mim e para você) Porque será que as autoridades insistem em fechar os olhos para o que todos vêem? Quem esta lucrando com a exploração de nossas crianças? Que turismo
Diabólico é esse que todos vêem, e qual é o papel da igreja frente a essa afronta a moralidade, bons costumes e a palavra de Deus?

Paulo dizia que não devíamos nos conformar com esse mundo, mas muitos nas igrejas estão conformados, são pouquíssimos que estão envolvido com essa causa. Sim, existem aqueles que realmente estão envolvidos, mas infelizmente são pouquíssimos.

Vejo pessoas trabalhando com Drogados, Idosos, deficientes, mas, porque tão poucos trabalham com essas crianças?

Seria porque as famílias dos drogados, idosos e deficientes em muitos casos pagam para que seus entes queridos serem assistidos, e essas crianças não tem quem as financiem?

Não quero aqui desmerecer e nem desqualificar as pessoas serias que fazem de coração um bom serviço assistencial aos idosos,deficientes e drogados, louvo a Deus pelas vidas delas, não é delas
que estou me referindo mas sim, me refiro aquelas, que só visam o lado financeiro.

Por muito tempo meditei errado em Mateus 16:18 ... edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela, na minha ignorância, eu pensava que Jesus estava dizendo que a Igreja resistiria ao inferno (o que é uma verdade), mas nesse texto não é isso que ele estava querendo dizer, ele estava dizendo que o Inferno NÃO RESISTIRIA A IGREJA, ou seja não era o inferno que partiria pra cima da igreja e sim a igreja que partiria para cima do Inferno, a ação seria da Igreja e não do inferno.  

Meus amados Pastores, Lideres e Membros da Igreja em Cristo, Não dá de esperar essas Crianças crescerem e  serem dizimista para “somente após isso” nos preocuparmos com elas, devemos nos preocupar é já é agora.
Devemos olhar essas crianças como se fossem nossas filhas, Não podemos se acomodar com tal situação. Se realmente somos igrejas, se realmente somos salvos e se realmente nosso destino final é os céus, jamais poderemos nos conformar com essa situação.

Que Deus em Cristo nos abençoe e efetue em nós o seu querer.
Nos Laços Do Calvário Que Nos Une!!!
S.Silva
Piondoretama - Ceará

Nenhum comentário: